domingo, 17 de julho de 2011

Torta de chuchu saborosa




Ingredientes para a torta:

- 3 chuchus médios
- 2 xícaras de farinha de rosca (eu usei pão integral amanhecido e ralado)
- 1 e ½  colheres de sopa de azeite de oliva para cozinhar (eu usei um com acidez 0,9%, mais adequado para ser aquecido, da marca Cocinero, argentino)
- 2 colheres de sopa de queijo ralado (eu usei queijo prato, é mais suave do que o parmesão)
- ¼ de xícara de leite ou água (eu usei leite de amêndoas, que eu mesma faço)
- 1 colher de sopa bem cheia de polvilho doce
- sal marinho a gosto
- 1 pitadinha discreta de noz moscada em pó/ralada

Ingredientes para a cobertura:

- ¼ de cebola picadinha (eu usei cebola roxa, que é mais adocicada)
- 2 colheres de sopa de queijo ralado (eu usei queijo prato, é mais suave do que o parmesão)
- 1 tomate pelado e sem sementes – picadinho


Modo de fazer a massa:
Cozinhar os chuchus em pedacinhos, de preferência com a casca. Eu costumo tirar as impurezas com uma faca e deixar o máximo possível de casca, pois é onde há mais nutrientes. Depois, amassar os chuchus com um garfo e misturar os outros ingredientes na ordem em que preferir até ficar numa consistência parecida ao purê de batata. Untar uma forma (eu costumo usar uma forma redonda do tamanho de uma pizza média) com azeite e distribuir a massa uniformemente com a colher.

Modo de fazer a cobertura:

Misturar numa vasilha o tomate e a cebola picados e distribuir por cima da massa da torta. Por fim, polvilhar o queijo ralado.

Modo de assar:

Assar em forno alto/médio alto (dependendo da potência de seu forno) por uma hora e dez minutos, para dar um ponto leve de crocante na casquinha, que acontece por causa do polvilho utilizado na receita. A torta, por dentro, fica com a consistência mole, com jeito de pudim. E, por causa do polvilho a torta desgruda facilmente da forma, embora seja fininha, com aproximadamente 1 cm.

Sugestões para consumir: como acompanhamento leve e nutritivo de uma sopa ou salada.


Comentários sobre a receita acima feitos pelas criaturas fantásticas do blog Se Eu Flor de Morango, da aprendiz de cozinheira em seus caldeirões mágicos de sabor vegetariano, Magalena:


Bruxauva: bah, duvido que esse chuchu tenha gosto. Prefiro meus sapos de glúten que são mais saborosos!!



Fada Margarida: pois eu já experimentei, enquanto você, dona bruxa, ficava reclamando de tudo e não sentia o sabor da vida – hehehe. E garanto... Esse chuchu tem mesmo gosto de... Não sei definir... Mas é um chuchu de verdade!!

Bruxauva: não sei não... Vocês sabem como é o nome científico do tal chuchu? Sechium edule; da familia das cucurbitáceas!!! Quem vai querer comer CUCURBITÁCEAS com gosto de nada?!



Fada Margarida:
vocês, queridos e mágicos leitores deste blog, não precisam olhar para o nome, apenas... Sem tirar a casca dele, sintam o coração de um chuchu, feliz por alimentá-los com todo seu verdor, afinal o chuchu contém principalmente niacina, que é uma vitamina do complexo B. Apresenta ainda pequenas quantidades dos minerais cálcio e fósforo.
Bruxauva: e o queijo prato ralado? Isso engordaaaaaaa!!! E o pão amanhecido ralado? Pior ainda... Eu só comeria essa torta esquisita se tivesse sido feita com o pão embolorado... Adoro bolor... Me lembra aquele queijo com coisinhas verdes – hehehehe.


Essa receita foi por mim adaptada e remodelada, a partir de uma receita do livro Yoga da Alimentação, autor Chiang Sing – Livraria Freitas Bastos Editora – edição de 1974, pág. 276, denominada de “Coroa de chuchu”.

Bom apetite!
Beijos, com carinho
Magalena

3 comentários:

  1. Parece muito boa, vou testar!! Me lembrei que faz muito tempo que não como chuchu e sempre gostei, principalmente em saladas com bastante limão. Já comi até doce de chuchu! (rs*)
    Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  2. Olá, Luma querida!! Que bom te ver em minha "cozinha" - heheh. Obrigada e você me deu uma ótima ideia... doce de chuchu... Tenha também uma linda semana - beijos. Madá

    ResponderExcluir
  3. Se a receita é vegetariana não deveria ter queijo.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentários que deixam este blog ainda mais verde e feliz!

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...